Receba nossas novidades por email :

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Dicas para o Natal!


A noite de Natal e o almoço do dia 25 - ao contrário do Réveillon -  costumam ganhar os contornos de festas mais íntimas, para pessoas queridas como familiares e amigos próximos. Assim, quem vai receber e celebrar em casa precisa planejar. Com atenção aos detalhes, é possível deixar qualquer ambiente bonito, confortável e no clima certo para inspirar os convidados – afinal, é hora de festejar o ano que vai terminando e tomar fôlego para o que vem por aí. 
Segue a dica de um arranjo maravilhoso!
 Para o Natal brasileiro e seu clima quente e cheio de luz, a proposta é um arranjo inovador e sofisticado em tons que fogem ao verde e vermelho tradicionais. Em rosa ao lilás, a sugestão é de uma decoração leve e "na moda".
A seleção de flores foi feita a partir de espécies facilmente encontradas em floriculturas: alstroemeria, barba-de-moisés, calandiva, ciclâmen, rosa spray, lavanda, plectantrus e trevo de quatro folhas com bulbo. São exemplares que suportam o calor e dão um charme especial à festa! Siga o passo a passo e monte o arranjo que pode ser usado como centro de mesa ou para decorar um aparador.
Material: Arame decorativo (facilmente encontrado em lojas de artesanato) / alicate para arame / fita métrica / folha de tururi (fibra natural) / mini elásticos de silicone / tela de arame (também disponível em lojas de artesanato) / tesoura / 15 tubos tet (tipo tubos de ensaio) / velas / fita decorativa dourada / flores.
Primeiro, corte 59 cm da tela de arame com auxilio do alicate, este será o material que dará estrutura ao arranjo, dessa forma, você deve moldá-lo como um paralelepípedo. Conte cinco quadradinhos de uma das extremidades da estrutura e dobre a tela, como na imagem. Uma dica é usar a quina de uma mesa como apoio. Em seguida, faça o mesmo na outra extremidade.
Agora, nas extremidades que foram dobradas, conte duas fileiras de quadradinhos a partir de cada comprimento e dobre. A estrutura aramada vai ficar parecida com um paralelepípedo com as laterais abertas...
Para unir o retângulo superior (formado pelas abas com duas fileiras de quadradinhos) você vai precisar de pelo menos cinco fios de arame, com 2 cm cada, dobrados ao meio. Prenda a estrutura colocando estes fios de fora para dentro e torça-os com a ajuda do alicate. Certifique-se de que o paralelepípedo de arame está bem firme e reserve-o.
 Agora, revista a boca de cada tubo pet com pedaços pequenos de tururi para dar acabamento. Para prender a fibra, use os mini elásticos de silicone.
Aplique duas folhas inteiras de tururi por dentro da estrutura metálica, sobre a base e, em seguida, distribua os tubos pet, encaixando-os alternadamente nos vãos da estrutura de arame... 
E coloque um pouco de água em cada tubo, eles servirão como vasinhos.
Passe para as plantas: comece distribuindo os trevos com os bulbos pelos quadradinhos da estrutura aramada que não foram ocupados pelos tubos, apoiando-os sobre as folhas de tururi na base do paralelepípedo. Uma dica é introduzir alguns trevos pelas laterais e não pelo topo.
Para qualquer das espécies de flores escolhidas, vale a dica de medir e cortar as hastes antes de distribuídas nos vasinhos. Também atente-se para cortar a base da haste em diagonal, esse cuidado fará com que a flor dure mais. Na sequência, remova as folhas dos galhos e distribua as rosas spray nos tubos com água...
E, após remover as folhas dos galhinhos de lavanda, distribua algumas em parte dos vasinhos, assim como as calandivas...
As alstroemerias, os plectantrus e - por último - os ciclâmens. Não é preciso colocar todas as espécies em todos os vasos, vá alternando e combinando as variedades. O florista Rodrigo Carneiro indica que os tons mais claros são usados para dar luminosidade ao arranjo, então mescle bem as flores.
Para "encher" o arranjo e dar o toque verdinho, acrescente a barba-de-móises. Assim como os trevos, essa folhagem deve ser colocada entre os quadradinhos da tela aramada - fora dos tubos -, tanto na parte superior, quando nas laterais do paralelepípedo.
Para que o arranjo ganhe um charme a mais, o florista optou por incrementá-lo: enfeitou algumas velas baixas para serem dispostas junto à estrutura principal. Uma sugestão é encapar as velas com a mesma fibra de tururi e prender com uma fita dourada.
Prontinho! É só arrumar a mesa e celebrar! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário